Recebendo apoio de quem conhece

Blonde nem chegou e Ana de Armas já recebeu algumas críticas pelo sotaque apresentado durante o trailer da produção. Contudo, a atriz acaba de receber apoio também. Ela foi defendida pelo espólio de Marilyn Monroe, veja abaixo o que disse Marc Rosen, presidente de Entretenimento no grupo empresarial Authentic Brands Group (ABG):

“Marilyn Monroe é um ícone singular de Hollywood e da Cultura Pop que transcende gerações e a história. Qualquer atriz que assume esse papel sabe que tem largos sapatos para calçar. Baseado apenas no trailer, nos parece que Ana foi uma ótima escolha de elenco, já que captura o glamour, a humanidade e a vulnerabilidade. Mal podemos esperar para ver esse filme em sua plenitude”.

Aliás, vale lembrar que Ana de Armas já havia falado o tanto que se esforçou para o papel e para o sotaque:

“Levou nove meses de treino de dialeto e práticas em sessões de ADR (quando um ator assiste repetidamente a uma cena para então recriar todos os diálogos dela em estúdio). Foi uma grande tortura, muito exaustiva. Meu cérebro foi fritado”.

Se tudo continuar conforme o esperado, Blonde chega em 23 de setembro de 2022 à Netflix.

Elenco

O elenco de Blonde contará com Ana de Armas como Marilyn Monroe, Adrien Brody, Julianne Nicholson, Bobby Cannavale, Scoot McNairy e Garret Dillahunt.

Produção polêmica

Blonde retratará um pouco da vida de Marilyn Monroe, contudo, a produção chegará com uma classificação etária indicada para maiores, principalmente por retratar cenas de sexo muito pesadas, abuso sexual, assédio e uso de drogas ilícitas.

Não poupará ninguém

Segundo o próprio diretor do longa, Andrew Dominik, a produção abordará assuntos sensíveis. Aliás, abaixo podemos conferir o que ele falou:

“Se tivesse saído há alguns anos, teria saído bem quando #MeToo chegou e teria sido uma expressão de todas essas coisas. Estamos em um momento agora, eu acho, onde as pessoas estão realmente incertas sobre onde estão as linhas. É um filme que definitivamente tem uma moralidade sobre isso. Mas nada em águas muito ambíguas, porque não acho que será tão simples quanto as pessoas querem ver. Há algo nele que ofende a todos”.

Blonde promete trazer muita polêmica e não poupar os telespectadores. Aliás, isso era exatamente o que o diretor Andrew Dominik esperava. Afinal, após a produção receber a classificação etária máxima, o diretor foi rápido em defender o filme e sua rara classificação:

“É um filme exigente. Se o público não gostar, isso é problema da ***** do público. Não está concorrendo a um cargo público. É um filme NC-17 sobre Marilyn Monroe, é meio que o que você quer, certo? Eu quero ver a versão NC-17 da história de Marilyn Monroe.”

Fonte: Screen Rant

Confira mais sobre o assunto:



#Blonde #Após #críticas #Ana #Armas #recebe #apoio #espólio #Marilyn #Monroe

Publicado : 2022-08-02 12:31:38